Operação Shekel: dinheiro falso era produzido em AL



A Polícia Federal desencadeou nesta terça-feira, dia 13, uma operação para desmantelar uma quadrilha que falsificava cédulas no Nordeste. As primeiras informações são que quatro pessoas teriam sido presas em Arapiraca (AL), João Pessoa (PB) e Propriá (SE). A produção das cédulas acontecia no município alagoano.
Segundo informações da PF, a operação intitulada ‘Shekel’ (unidade de peso usada, assim como outras unidades, como gramas e onças, para negociação antes do surgimento das moedas) é coordenada pela superintendência da Paraíba e tem com objetivo reprimir a atuação de grupo criminoso especializado em falsificar cédulas e colocá-las em circulação no nordeste do Brasil.
O grupo, segundo a PF, seria formado por pessoas experientes em ações criminosas, com passagens policiais, estando algumas recolhidas ao sistema prisional também acusadas de outros delitos, a exemplo de assaltos e explosões de terminais bancários.
As cédulas são produzidas na cidade de Arapiraca, tendo o responsável pela falsificação sido anteriormente indiciado pela Polícia Federal em Araraquara/SP nos crimes de falsificação de moeda e formação de quadrilha.
Trazidas até Recife/PE, as cédulas são recebidas por pessoas indicadas por um ex-sargento da Polícia Militar da Paraíba, que se encontra cumprindo pena no presídio de Jacarapé (PB-01) e, em seguida, são distribuídas na Paraíba sob orientação do mesmo.
As investigações foram iniciadas em setembro de 2010 pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência da PF na Paraíba. Há registro da retirada de circulação, em todo o país, de mais de 32 mil exemplares de cédulas de R$ 50,00 com as mesmas numerações de série e características das produzidas pelos investigados, totalizando, aproximadamente, R$ 1,6 milhões em cédulas falsas retiradas de circulação.
Um ex-sargento da Polícia Militar da Paraíba, que cumpre pena no Presídio PB-1, em Jacarapé, comandava todo o esquema de dentro do presídio. Todas as pessoas presas durante a operação serão levadas para a Superintendência da PF em Cabedelo, na Paraíba.
Fonte:com Assessoria PF

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Sérgio Menezes Lucas faz aniversário