Terreno para construção do IFS em Propriá já está garantido



Gestores da Codevasf sinalizaram doação de terreno que corresponde ao antigo campo de aviação


O terreno é de proprieade da Codevasf (Fotos: Agência Empauta)
Gestores de Propriá e representantes do setor de engenharia e fundação da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) se reuniram na sede da companhia e o resultado é que o órgão federal sinalizou a doação de terreno para a construção do Instituto Federal de Sergipe (IFS) na cidade ribeirinha. A área em questão corresponde ao antigo Campo de Aviação, nas proximidades do povoado São Vicente.

Esta reunião se fez necessária por que no último dia 30 de agosto, o prefeito José Américo Lima, o Secretário Municipal de Obras, Noílio Baltazar, o assessor da Secretaria Municipal de Obras, Willams Soares Santana e o reitor do IFS, Ailton Ribeiro de Oliveira, acompanhado do arquiteto do instituto, Pablo de Souza, realizaram visitas técnicas em três possíveis áreas do município, para avaliar o melhor local de construção do instituto federal. Segundo avaliação, a área do antigo de aviação é a mais adequada para a execução do projeto.

De acordo com o assessor de Obras, Williams Soares Santana, no mês passado foram avaliados os terrenos da CODISE, no Distrito Industrial de Propriá, Colégio Agrícola e o antigo campo de aviação, ambos no povoado São Vicente. “Diante da visita, chegamos a um acordo de que a melhor área para a execução do projeto de construção do IFS seria o terreno do antigo campo de aviação, que pertence à Codevasf. Diante disso, fomos à sede do órgão federal e, em reunião, os responsáveis sinalizaram a doação. Agora, estamos providenciando os trâmites legais para isto”, afirmou o assessor Williams  Santana.
Gestores da prefeitura de Propriá, do IFS e da Codevasf escolheram o local como o mais apropriado
O assessor acrescentou ainda que, diante da aprovação da área, por parte da equipe de avaliação técnica, e o andamento do processo de doação, por parte da Codevasf, fica descartada a construção do IFS em Propriá nos outros dois espaços cogitados. “Como já foi aprovada a área do antigo campo de aviação e a Codevasf já sinalizou a doação, os terrenos da Codise e do Colégio Agrícola estão descartados para a construção do IFS”, ressaltou.

Expansão do IFS

A expansão de Institutos Federais faz parte da terceira fase do programa de expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, do Governo Federal. Em Sergipe, além de Propriá, foram contemplados os municípios de Nossa Senhora do Socorro, Tobias Barreto e Poço Redondo. Todas as cidades foram selecionadas a partir de um conjunto de critérios técnicos definidos pelo Ministério da Educação.

Fonte: Agência Empauta!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe