“AABB Comunidade” de Propriá é avaliado como um dos melhores do País


O Banco do Brasil através do programa AABB Comunidade, desenvolve em 400 municípios do país nas 5 regiões o maior programa de complemento escolar do  Brasil, segundo o (CONANDA) Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Propriá é um desses municípios contemplados com o programa que desenvolve atividades como: Oficinas de Esportes, Saúde, Artes Plásticas e Complementação Escolar, entre outras. Os objetivos do programa são a Inclusão Pessoal, Familiar, Escolar, Profissional e Comunitária (Família, Escola e Comunidade).

Os principais parceiros desse programa são a Fundação Banco do Brasil, PUC/SP, FUNABB e a Prefeitura de Propriá.  O Banco do Brasil, através da FUNABB disponibiliza uniforme, material pedagógico e outros materiais de apoio, já a prefeitura disponibiliza transporte, pagamento dos monitores, alimentação e supervisão pedagógica.

Em recente Visita a Propriá, a doutoranda da PUC/SP, do Programa Psicologia Social e Núcleo de Trabalhos Comunitários, Juliana Santos Graciani, veio trazer uma boa notícia para os propriaenses.  Segundo ela, o Programa AABB Comunidade de Propriá foi avaliado como um dos melhores do País um dos quais melhor desenvolve as atividades, e por conta do excelente trabalho, o município foi contemplado com o “Projeto Educação Para o Trabalho”, que  já é  realizado em 5 municípios. De acordo com Graciani, este projeto está sendo desenvolvido em 4 fases.

A primeira fase, que consiste na formação dos educadores, já foi realizada em São Paulo com um treinamento de 40 horas.  “Esse treinamento é uma ação multiplicadora, onde os professores do município ficaram com a missão de repassar todas as informações para os atores envolvidos com as crianças e adolescentes como: Conselho Tutelar, Conselho da Criança e do Adolescente, professores da rede municipal, prefeito e seus assessores e os demais membros do projeto.  “Quero ressaltar que Propriá dá um grande exemplo por está envolvendo nesse projeto outras secretarias como a secretaria de Assistência Social e a secretaria de Geração de Emprego e Renda” , afirmou Graciani.

A segunda fase é chamada de Cartografia do Mundo do Trabalho, em que é feito um mapeamento ou diagnóstico do município em relação ao perfil econômico de trabalho e emprego com as principais atividades que poderão ser exploradas para a abertura do mercado de trabalho para os jovens.

A terceira fase é a Articulação e Mobilização Real que cria novos cursos profissionalizantes e novos parceiros, para que possa ser desenvolvido o programa Jovem Aprendiz, que vai capacitar e integrar os jovens no mercado de trabalho.

E a quarta fase que é o Plano Tercendo o Futuro, ponto principal do projeto, pois, além de descobrir a profissão desejada, o jovem desenvolve uma consciência, visando a sua estruturação baseada na religiosidade, cultura e lazer, direcionando-os para serem jovens responsáveis, críticos, solidários para que assim contribuam com toda sociedade, proporcionando um bem-estar comum, se formando e se capacitando melhor para a escolha do seu projeto de vida. 

Fonte/Autor: COCS Propriá

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE