HOMEM INVADE HUSE, SE DIZENDO POLICIAL, EXECUTA TRÊS PESSOAS E SAI TRANQUILO


Um homem, que se anunciou como policial, invadiu o Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE), por volta das 22:30 horas desta sexta-feira (27) e executou três pessoas, entre elas o filho de um funcionário do hospital, que estava em uma cadeira de rodas para ser atendido pelos médicos.
O criminoso foi à sala de sutura e perguntou ao médico quem havia chegado recentemente, ao olhar para os pacientes, atirou em dois deles e no filho do funcionário, que não tinha nada a ver com a provável desavença entre eles. O homem atirou e saiu tranqüilamente, fugindo em um veículo.
Segundo Thiago Reis, que estava no local, houve um desentendimento fora do hospital entre três pessoas. Dois deles foram para o hospital e o terceiro, dizendo-se policial, chegou ao hospital, entrou e executou prováveis inimigos.
Os funcionários passaram a correr por dentro do hospital ao gritos, outros se escondiam em salas e até embaixo de pias. Percebeu-se pânico. A maioria se queixou da falta de segurança no hospital e lamentou que o presidente da Fundação Hospitalar, Emanoel Messias, não compareceu ao local e mandou apenas um representante.
Várias ambulâncias chegaram e ficaram sem condições de estacionar e liberar pacientes para atendimento. Em frente do hospital vários carros da polícia estacionam e uma multidão se formou em frente ao hospital. As sextas-feiras geralmente são de grande movimento, mas a urgência suspendeu o atendimento por um momento.
Mais informações em instantes!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aluna de 13 anos é filmada fazendo sexo em escola de São Paulo

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe