Gualberto: Nenhuma ação contra Deso passará


Ampliar Foto
Gualberto: Nenhuma ação contra Deso passará

O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) fez uma defesa intransigente da atuação da Companhia de Saneamento de Sergipe – Deso, no município de Aracaju. Segundo ele, é inadmissível um político insinuar a possibilidade de privatizar a empresa por conta de problemas pontuais. “Nenhuma ação que tente enfraquecer a Deso passará sem a minha reação”, garante o deputado.

A reação de Gualberto foi por conta de críticas feitas pelo vereador Renilson Félix (DEM) que nas últimas semanas vem fazendo campanha contra a Deso por causa de problemas registrados no condomínio onde reside. O vereador aponta supostos erros na conta mensal de consumo de água e por esse motivo chegou a apresentar na Câmara de Aracaju um requerimento pedindo abertura de uma CPI na Deso. “Prefiro acreditar na inocência ou no entusiasmo do vereador em querer resolver o problema. Não quero acreditar na má intenção”, disse Gualberto.

Contando com o apoio de vários outros deputados, durante seu pronunciamento Francisco Gualberto elencou uma série de obras e prestações de serviços da Deso que demonstram a importância do órgão junto à sociedade sergipana. Somente no governo de Marcelo Déda, mais de 40 municípios já foram contemplados com serviços de esgotamento sanitário, algo que não existia em muitas localidades de Sergipe.

Além disso, os principais bairros da capital também estão sendo beneficiados com obras desse porte. No ano passado várias ruas e avenidas do conjunto Augusto Franco, o mais populoso de Aracaju, receberam esgotamento sanitário. Nos próximos meses a obra será executada pela Deso nas ruas do conjunto Bugio.

O deputado Gualberto também explicou que atualmente as concessões dos serviços relativos à distribuição de água ficam a cargo dos municípios. Cabe ao Estado, através da Deso, gerenciar as concessões e investir na melhoria dos serviços. “Portanto, se algum governo, por ventura quiser privatizar a Deso, terá que passar por todas as Câmaras de Vereadores”, esclareceu.

Em relação ao problema pontual do vereador no condomínio onde reside, Gualberto sugeriu uma ação mais eficiente do síndico para que possa buscar o órgão e equacionar a questão em prol de todos os demais moradores. “Tenho certeza que um bom síndico resolve facilmente o problema. Pensar em fazer CPI e tentar enfraquecer a Deso, visando uma possível privatização, é algo que não iremos admitir”, afirma o deputado Gualberto.

Por Gilson Sousa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Veja a relação de aprovados no Exame da Ordem em Sergipe

ORIGEM DE PROPRIÁ - SE

Caminhão furtado em Porto Real do Colégio é recuperado em Propriá/SE